Blog, Funil de Vendas, Inbound Sales,

7 estratégias para gerar uma injeção de caixa rápido no seu negócio

Por Content em 13 de março de 2019
Leitura de 8 minutos
Avalie este artigo:

Se prepare! Todo negócio, mais cedo ou mais tarde, tende a passar por crises de fluxo de caixa. Com você não vai ser diferente.

Esse processo faz parte do amadurecimento, traz muito aprendizado e pode ser o empurrão que a empresa precisa para realizar aquelas mudanças que sabe que são necessárias, mas vive adiando.

Vou passar 7 estratégias de marketing para gerar uma injeção de caixa rápido para o seu negócio. E com isso, eu quero dizer que são caminhos que você pode seguir para gerar receita ainda essa semana. Mas claro, tem que executar, combinado?

Aproveitar as suas listas

A maioria das empresas foca em geração de lead e qualificação para vender o seu produto ou serviço.

Um exemplo:

Em 1 mês você gerou 10.000 leads e converteu em vendas 1%, ou seja, 100 vendas.

(Esse número pode ser grande ou pequeno pra você, mas é apenas uma suposição).

O que você faz com os outros 9.900 leads da sua base?

“Há, mas os leads ainda não estão qualificados”

Ok, concordo que na teoria temos que fazer o lead avançar pelo funil até o momento da venda. Mas se o objetivo é gerar um aumento de caixa existe um caminho melhor do que esperar 12 meses até o lead decidir comprar de você.

Pergunte para a lista o que ela realmente quer. Apenas 100 pessoas decidiram comprar o seu produto. E as outras não compraram por qual motivo? Será que, no momento, elas estão tentando resolver um problema que o seu produto caro chefe não resolve? O que mais você pode oferecer para essas pessoas?

Supondo que você está atuando no mercado financeiro e ensina as pessoas a fazer seu primeiro milhão com investimentos.

Será que na sua lista tem pessoas que estão no vermelho e desejam se livrar das dívidas? Crie um produto para os seus clientes que estão nesse momento e venda para eles.

Como descobrir essas necessidades? Faça uma pesquisa, no Google Forms.

“Há, mas as pessoas vão se descadastrar da minha lista”

Que ótimo! 🙂

Assim, você não perde tempo com quem não se interessa pelo seu conteúdo.

Dica:

Quando eu falo de lista, eu me refiro a:

  • Email
  • Lista de transmissão
  • Grupos de Whatsapp
  • Manychat
  • Seguidores fiéis
  • Audiência

Upsell e Downsell

A sua segunda venda começa quando fecha a primeira.

Upsell

Um cliente é 3x mais valioso que um lead. Escreva isso na parede do seu escritório!

Vendedores de carros fazem isso o tempo todo.

O cliente acabou de desembolsar R$ 60.000 na compra de um carro, e ele está radiante, com a sensação de “Yes! Eu posso, eu comprei baby, pra todos que não acreditaram, eu consegui!!”

Então o vendedor fala: “Parabéns senhor você acaba de adquirir um automóvel incrível. Mas para combinar perfeitamente com o seu estilo de vida, eu tenho certeza que adicionar ar condicionado e vidros elétricos por somente mais R$ 10.000 seria a decisão que um homem de atitude e que ama a família, como o senhor certamente tomaria.”

E o cliente: “ Mas é óbvio que eu quero meu amigo, eu sou o cara que vai lá e faz acontecer! O que é R$ 10.000 pra quem acabou de investir R$ 60.000 nessa belezinha?”

Isso é Upsell na prática meus amigos!

Um outro exemplo pessoal (que eu caio quase todo final de semana).

Plaquinha na Sorveteria:

1 bola de sorvete é R$ 11,00

2 bolas de sorvete é R$ 13,00

Eu: “hmmmm, só 2 reais a segunda bola, eu quero pagar 2 reais pelo dobro de bolas de sorvete!”

E enquanto estou na fila, eu juro pra você que nunca vi ninguém pedir só uma bola de sorvete!

Downsell

O Downsell é bem parecido, mas serve para o cliente que não pode pagar pelo produto ou serviço que ele deseja.

Vendedor: “Hey você quer muito contratar uma agência de Inbound, certo? Infelizmente nós sabemos que nem todas as empresas conseguem cobrir o investimento dessa parceria. Pensando exatamente em você, nós criamos o RD Hacks assim você pode aplicar, por conta própria, o que nós fazemos para os nossos clientes. Quer saber mais?”

Bom, se ficou curioso é só clicar aqui: RD Hacks – Treinamento oficial

Antes que eu esqueça, essas estratégias são responsáveis por aumentar o faturamento em… pasmem… 10% a 30%. Papo reto!

Criar listas de clientes

Essa é uma estratégia bem simples, porém muito pouco aplicada.

Criar uma lista de clientes significa pagar para construir essa lista.

Você sabe que um cliente vale 3x mais que um lead. Então vale a pena comprar cliente?

“Que você tá falando Guilherme? Tá doido menino?”

Eu explico. Quando você vê uma oferta absurda de barata, onde o valor que você percebe pelo produto é, pelo menos, 10x maior do que o preço cobrado, o que você faz? Você nem pensa, só paga.

Muito comum usar para essa estratégia na compra de livros físicos gratuitos onde você paga somente o frete.

Seu autor preferido faz um anúncio levando para página de vendas com o chamada “ Meu mais novo livro na sua casa por apenas R$7,00″.

objetivo dessa estratégia não é ganhar dinheiro com essa oferta. Muitas vezes é uma operação onde se perde dinheiro.Mas por outro lado você ganha 4 coisas que valem muito:

  1. Lista de clientes que confiam em você
  2. Cria audiência que acompanha você
  3. Forte recomendação boca boca
  4. Ajuda a construir autoridade

Essa lista é muito quente e tem 3x mais chances de comprar o seu produto principal do funil. Que é onde, de fato, você recupera o investimento.

Para aplicar essa estratégia é legal pensar em termos de CAC e LTV.

Quanto vale um cliente para você durante todo ciclo de vida?

Se vale R$ 10.000, você pode facilmente investir R$4k ou 5k para fazer ele virar seu cliente.

Pense sobre isso! Sério, isso abre um oceano de possibilidades.

Operar tráfego focado em conversão

Tráfego e conversão é a simples operação matemática de:

Lucro – Investimento em Ads

Porém, o grande desafio está em encontrar onde a atenção do usuário está sendo desvalorizada em termos de preço (CPC) nas redes sociais e sites para colocar o seu anúncio levando para sua oferta.

parece complexo, mas é tudo questão de teste para conectar corretamente o público + plataforma + anúncio + oferta.

O legal dessa estratégia é que quando você encontra essa campanha que está funcionando, meu amigo, aí você escala e VENDE A SUA CASA para investir em anúncio se for preciso! Isso vira, literalmente, uma operação de colocar R$ 10 e voltar R$ 15.

A parte de vender a sua casa é brincadeira tá… ou não, já que a sua casa é um passivo, mas enfim, não vem ao caso 🙂

Webinars

Essa estratégia funciona muito bem quando você tem a famosa lista fria, ou simplesmente que gosta do seu conteúdo mas não compra de você.

Webinars servem para:

  • Aquecer a lista
  • Gerar autoridade praticamente instantânea para as pessoas que estão participando
  • Gerar desejo na solução (eu disse solução. E não produto).
  • Gerar relacionamento e proximidade
  • Fazer uma oferta de vendas no final com escassez e prova social.

Se o seu webinar tiver esses elementos, pode ter certeza que você vai gerar vendas. E o mais legal, você pode simplesmente, depois que terminar de ler esse artigo, mandar crar uma LP e mandar um email para sua lista com o convite.

Desautomatizar o fator humano no seu processo

No marketing digital falamos muito em automação, vendas automáticas, vender dormindo…

O fato é que, automação é extremamente importante, sem dúvidas. Traz mais efetividade a padronização para todo o processo e é vital para qualquer empresa.

Mas é preciso ter o cuidado de automatizar o que faz sentido automatizar e não automatizar o que gera perdas para o clientes.

O que eu quero dizer é que, se está automatizando alguma etapa do processo em que o cliente gostaria de ter um contato mais humano com o seu negócio, talvez suas conversões não estão performando no máximo que poderiam estar.

É por isso que o Whatsapp é uma ferramenta tão importante de vendas hoje em dia.

O app possibilita esse contato próximo do cliente com o vendedor.

Crie e ofereça uma mentorias

Você com certeza tem conhecimento ou já chegou em algum ponto em que outras pessoas pagariam para ter.

A ideia é oferecer uma mentoria para essas pessoas, onde você vai orientá-las a sair do ponto A para o ponto B com encontros mensais de cerca de 1h e cobrar muito bem por isso.

Sim, você está vendendo o seu tempo. Mas se você descobrir quanto vale a sua hora de trabalho dentro da sua empresa, você pode chegar a um valor interessante para você e para o seu mentorado.

Essas foram as dicas para você injetar grana no seu caixa. Se quiser que eu aprofunde mais em alguma estratégia, me deixe saber! Deixe seu comentário para que eu crie conteúdo cada vez mais relevante para você, seja no Youtube da Conexorama ou no Blog!

Até a próxima!

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Content

Artigo produzido pela nossa equipe de Content Marketing.
Content