Blog, Redes Sociais,

Entenda como funciona o SEO para YouTube e como dar os primeiros passos para o seu negócio

Por Content em 29 de outubro de 2021
O Youtube se consolidou como líder em compartilhamento de vídeos na Web. Mas para o seu aparecer, existem técnicas de SEO para a plataforma. Saiba mais!

O YouTube é um site destinado ao compartilhamento de vídeos enviados pelos usuários através da Internet. Foi criado em 2005 e, desde então, vem apresentando crescimento constante, chegando, inclusive, à posição de segundo maior mecanismo de busca da Web (atrás apenas do Google). 

Isso acontece porque conteúdos audiovisuais possuem mais de 80% de interação do que as imagens. Os usuários preferem assistir aos vídeos por serem mais dinâmicos e rápidos de serem consumidos. Uma pesquisa da Think with Google mostrou que 30% dos brasileiros afirmam que estão assistindo mais vídeos no YouTube.

Existem diversos sites de compartilhamentos de vídeos, mas nenhum se equiparou até o momento com o YouTube.

Para impulsionar ainda mais esse crescimento, a plataforma não ficou para trás e inseriu estratégias de SEO, como muitas redes sociais já implementaram. Devido esse acontecimento, é fundamental que a marca que tenha intenção de gerar resultados com o YouTube, adquira o hábito de praticar algumas técnicas.

Essas boas práticas de SEO geralmente são aplicadas antes de divulgar seu material, com o objetivo de otimizar a pesquisa do seu conteúdo e também melhorar o ranqueamento – sua posição – nas pesquisas do Google.

Se você produz vídeos e já tem um canal criado no YouTube, é importante que todas as informações sejam preenchidas antes de publicar o seu vídeo. Quer saber mais sobre quais são as boas práticas? Continue a leitura!

O que é SEO e qual sua importância

SEO (Search Engine Optimization) nada mais é do que uma estratégia de otimização para mecanismos de busca. Ou seja, existem algumas técnicas que, se utilizadas corretamente, fazem com que o seu conteúdo fique bem posicionado nos resultados de busca.

Geralmente, quando pensamos em SEO, logo já associamos ao Google, apesar de existirem outros buscadores (como o Bing e o Yahoo). Porém, existe outro buscador tão importante quanto o Google que também utiliza a estratégia de SEO para definir o posicionamento: o YouTube.

Para que os seus vídeos sejam facilmente encontrados, recebam mais cliques e aumentem a autoridade da sua marca, você deve levar em conta os critérios de posicionamento do YouTube. Sem essas estratégias, dificilmente os seus vídeos vão aparecer aos usuários. Por isso, não deixe de conferir como o SEO para youtube funciona.

Como funciona o SEO no YouTube

O princípio básico do SEO para o YouTube é muito semelhante ao do Google: oferecer uma excelente experiência ao usuário. E, assim como no Google, existem diversos fatores que o algoritmo leva em conta ao definir o posicionamento dos vídeos.

Como o algoritmo ainda não consegue rastrear o som ou imagem, o que é escrito na descrição, título, tags e demais campos de texto no YouTube são muito importantes para que o vídeo obtenha um bom desempenho.

A importância de oferecer ao usuário uma boa experiência com o vídeo é essencial para que ele engaje e continue assistindo mais vídeos do mesmo canal.

Desse modo, o algoritmo do YouTube entende que aquele conteúdo é bom e, assim, vai mostrar cada vez mais vídeos semelhantes. Isso porque o YouTube também leva em conta o histórico de pesquisa e navegação para recomendar vídeos aos usuários.

Então, você precisa seguir as estratégias de SEO para que o seu vídeo seja encontrado tanto no próprio YouTube, como na página página de pesquisa do Google:

A imagem mostra o resultado de uma pesquisa no Google para a palavra-chave "seo para youtube"

Com o aumento do consumo de vídeos, o Google tem mostrado cada vez mais conteúdos audiovisuais no resultado de busca. Confira quais são as 8 técnicas que vão melhorar o seu posicionamento.

8 técnicas de SEO para utilizar no YouTube

É preciso relembrar que são muitos os critérios que o YouTube utiliza para definir o ranqueamento dos vídeos. Por isso, é preciso estar sempre atento às mudanças do algoritmo, da própria experiência do usuário e à análise dos seus próprios resultados.

Assim, você consegue encontrar alguns padrões, definir o que está dando certo, e buscar novas formas de apresentar o conteúdo ao seu público.

Mas antes de falarmos das técnicas, convém ressaltar que o seu conteúdo precisa ser interessante e voltado à sua Persona, se não, você estará falando com um público que não é o seu.

Agora sim podemos seguir adiante!:

1. Defina a palavra-chave do seu vídeo

As pesquisas de palavras-chave no YouTube funcionam da mesma maneira que no Google. Então, se você já está habituado a isso, sabe do que estou falando. Antes de publicar seu vídeo, é indispensável que você realize a pesquisa da palavra-chave para guiar as práticas de SEO do YouTube, para analisar o volume de buscas e a própria concorrência na busca paga.

Aqui na agência, nós usamos o Google Keyword Planner para fazer essa análise. O ideal é que você primeiramente elenque quais palavras são mais relacionadas ao seu vídeo e quais que estão sendo mais pesquisadas no Google, depois disso você define a palavra-chave mais coerente com o que você precisa.

2. Escolha um bom título

A escolha de um título é a parte fundamental de qualquer tipo de conteúdo. Os mecanismos de busca precisam entender que tipo de conteúdo o seu usuário encontrará. Sendo assim, jamais esqueça de usar um bom título de acordo com o SEO para YouTube.

Enfatizo a importância de criar um bom título usando a palavra chave definida pois, os robôs ainda não leem conteúdos visuais, a intenção é que eles consigam filtrar da melhor maneira possível o seu vídeo nos resultados de pesquisa.

Quando você criar seu título, ele precisa ser curto, direto e atrativo. Em média,o ideal é utilizar de 40 a 55 caracteres no máximo. Seja realista, não escreva um título sobre um assunto que você nem vai falar, e nem utilize as táticas de clickbait. Desperte a curiosidade e insira alguma emoção no seu título, assim pode atrair mais views.

E claro, não esqueça de utilizar a palavra-chave.

3. Use Tags nas boas práticas de SEO para YouTube

Quando você for carregar seu vídeo no YouTube, existe um campo logo abaixo da descrição, para inserir as principais tags relacionadas ao conteúdo do seu vídeo.

Insira palavras-chave que sejam objetivas e simples para que as pessoas possam encontrar com mais facilidade seu vídeo. Geralmente, pesquisamos assuntos com palavras informais e diretas. Sendo assim, tente manter sempre o padrão de utilizar palavras relacionadas com o seu vídeo que sejam o mais claro possível.

Utilize na média de 3 a 8 palavras-chave de cauda longa, no máximo. Se faltarem ideias sobre que palavras inserir, pesquise no campo de busca do YouTube vídeos relacionados ao tema do seu, para analisar quais tags que estão sendo utilizadas. Assim, você saberá se o seu vídeo pode alcançar um bom lugar nas posições de busca.

As tags otimizam a pesquisa quando alguém procura algum assunto relacionado ao tema do seu vídeo, então nunca se esqueça de inseri-las, ok? ?

4. Crie uma descrição para o seu vídeo

Inserir uma descrição no seu vídeo também auxilia os robôs a filtrarem qual é o conteúdo que você gravou. Além disso, facilita o entendimento e desperta o interesse do leitor sobre o que você vai transmitir no seu vídeo.

Existe um limite de 250 caracteres na descrição até a parte onde diz “Mostrar mais”, mas é claro que você pode criar uma descrição maior. Porém, poucas pessoas leem mais do que as três linhas de descrição.

A imagem mostra a descrição de um vídeo da Conexorama para o Youtube. A descrição é objetiva, apresenta a palavra-chave é estrategicamente pensada em SEO

Use sua criatividade para criar uma descrição interessante e objetiva. E não se esqueça de incluir a palavra-chave que você escolheu antes de publicar o vídeo.

Caso você desejar, é permitido inserir links na descrição, pode ser para o seu site ou até mesmo para outras redes sociais da sua empresa. Esse detalhe ficará ao seu critério, então trace uma estratégia e pense bem qual lugar você quer atrair mais visitantes

5. Utilize Call To Actions

Os CTA (calls-to-action ou chamadas de ação) são botões que dão acesso a qualquer página que você deseja, mas é necessário que você escolha links relevantes para inserir no botão.

Há inúmeras possibilidades de links que podem gerar bons resultados: Um material rico, outro vídeo que seja relacionado com o assunto do seu, ou um link que direcione para o seu site podem fazer com que sua estratégia de SEO para YouTube seja eficaz.

Para inserir o CTA, você precisa ir nos recursos que são oferecidos pelo YouTube, onde existe essa opção no final do vídeo.

Além disso, você mesmo, ao longo do vídeo, pode incitar o usuário a fazer algo: seja deixar um comentário, curtir o vídeo, seguir o canal no YouTube, ou até mesmo compartilhar o seu vídeo. Essa chamada faz toda a diferença!

6. Crie uma capa para o seu vídeo (Thumbnail)

Você certamente já deve ter ouvido falar aquela expressão de que “a primeira impressão é o que fica”, não é mesmo? Para o YouTube, ela realmente tem um significado, afinal, a capa ou thumbnail do seu vídeo é muito importante para chamar a atenção do público que navega no YouTube.

De preferência, crie uma arte personalizada para a capa, que se relacione ao tema do seu vídeo e que seja atrativa. Caso você preferir, também existe a possibilidade de utilizar um frame do seu vídeo. Portanto, se você escolher esta opção, pense em utilizar um frame impactante para usar de capa.

A imagem mostra alguns thumbnais criados para a página da Conexorama no Youtube

Após escolher qual a imagem de capa que será utilizada, não esqueça de inserir o título do vídeo, para que fique visível e o seu público consiga absorver a mensagem que você deseja transmitir logo de cara ou você pode optar por usar somente a keyword escolhida.

7. Legende os seus vídeos

Como já disse anteriormente, o algoritmo do YouTube ainda não consegue ler imagens e vídeos. Para isso, uma maneira de você mostrar sobre o que se trata o seu vídeo é inserir legendas.

Frame de um vídeo da Conexorama que foi legendado para o Youtube

Isso serve não só para SEO, mas também para que você torne os seus vídeos mais acessíveis ao público. Além disso, também é interessante adicionar marcações de tempo, como mostrei na imagem do item 4. O Google tem demonstrado na SERP os vídeos que possuem essas marcações, sinalizando o que é dito no vídeo por minuto.

Isso antecipa para o usuário o que ele vai encontrar no seu conteúdo.

8. Monte playlists

Você deve estar pensando: o que uma playlist tem a ver com SEO?

Bom, de fato ela não interfere diretamente no ranqueamento. Porém, a grande diferença é que isso pode fazer com que o seu público continue assistindo os outros vídeos da playlist, já que será uma continuidade.

A imagem mostra algumas playlists do canal da Conexorama no Youtube, como por exemplo: Cases, Conexorama Resposnde, Animações, entre outras

Então, uma das dicas é criar uma série de vídeos sobre um tema geral. Em cada vídeo, você trata sobre um assunto específico, que leva a outro vídeo, criando uma sequência lógica. Isso faz com que o algoritmo do YouTube recomende o seu canal àquele usuário.

Agora que você já entendeu alguns dos critérios utilizados pelo YouTube, confira como você pode deixar o seu canal mais estruturado.

Como otimizar o canal no YouTube

Assim como os seus vídeos, é importante que o seu próprio canal esteja otimizado. Como assim?

Existem vários recursos que você pode utilizar para se conectar com a sua audiência e deixar claro o serviço da sua empresa. Assim, fica mais fácil do público certo chegar até você.

Essa é uma forma de personalizar o seu canal e deixar ele com as informações completas, para que o usuário saiba onde pode entrar em contato com você, ou por onde ele pode acompanhar outros conteúdos seus.

Alguns desses recursos que você pode fazer é:

Lembrando que essas informações podem estar sempre sendo otimizadas, conforme os dados forem mudando.

Quais as principais métricas do YouTube Analytics?

Contra fatos, não há argumentos, certo? E para isso, você precisa dos dados, que comprovem os fatos. No caso dos seus vídeos, o local onde você pode encontrar essas informações para construir o seu relatório é no YouTube Analytics.

Existem várias métricas a serem consideradas para analisar o desempenho de cada vídeo e os insights que podem ser obtidos, a fim de melhorar o seu canal no YouTube.

Vou mostrar algumas delas que você deve ficar de olho:

Visão geral

É interessante para obter um panorama de como está o canal no período de tempo selecionado:

Visão geral do Youtube Analytics

Alcance

Nesta aba, o YouTube mostra dados interessantes como: Impressões, visualizações e espectadores únicos.

Página do Youtube Analytics que mostra as estatísticas do canal

Aqui também estão as informações sobre a origem do tráfego e os termos que os usuários pesquisam para encontrar os seus vídeos.

Envolvimento

É uma das partes mais importantes para analisar o quanto o seus conteúdos estão sendo relevantes para o seu público. Aqui estão informações sobre o tempo de exibição e a duração média da visualização:

informações sobre o tempo de exibição e a duração média da visualização

A partir desses dados, você pode encontrar soluções para reter o usuário por mais tempo no seu canal, assistindo aos seus vídeos.

Mais em baixo também são encontradas outras informações, como os vídeos e as playlists mais acessadas. A partir disso, é possível fazer outros conteúdos alinhados com os que obtêm mais visualizações e interação.

Público

Por fim, outra métrica muito importante é relacionada ao público.

Página do Youtube Analytics que mostra as informações do público

Nesta mesma página estão informações como: o horário que os seus espectadores estão online no YouTube; outros canais e vídeos assistidos por eles; idade e gênero; e de qual local eles são.

Nessa parte de Analytics, existem muitos insights que podem ser explorados, a fim de otimizar cada vez mais o seu canal à sua Persona e aos próprios mecanismos de busca.

No YouTube, as empresas podem alcançar bons resultados aplicando corretamente as dicas de SEO para YouTube. Em outras redes sociais, existe uma ampla concorrência e um forte investimento nelas. Já o YouTube ainda é pouco explorado.

Não perca a chance de criar um canal para o seu negócio e iniciar uma estratégia de Inbound Marketing diferente. Talvez essa seja a sua oportunidade de destacar sua marca no âmbito digital e atingir o sucesso!

Comente abaixo quais estratégias de SEO para YouTube você aplica atualmente nos seus vídeos ou, se existir alguma dúvida sobre o assunto, estarei à disposição para respondê-las. Até a próxima!

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x