Blog, RD Station, Redes Sociais, Segmentação de Leads,

Segmentações no RD Station: como encontrar a origem dos leads de Mídia Paga no RD Station?

Por André Ramos em 12 de julho de 2019
Leitura de 3 minutos
Segmentações no RD Station: como encontrar a origem dos leads de Mídia Paga no RD Station?
5 (100%) 1 vote[s]

O RD Station Marketing é uma plataforma robusta de inbound marketing e permite ações avançadas de Mídia Paga. Neste artigo, vamos mostrar como segmentar a base de leads do RD Station com o objetivo de identificar quantos leads possuem origem em Mídia Paga, como o Facebook Ads, Google Ads e LinkedIn Ads.

Este tipo de filtro por origem do tráfego dentro do RD Station pode ser aliado a ferramentas de análise do Google Analytics, por exemplo, e trazer insights poderosos para o seu negócio. Vamos lá?

Segmentações no RD Station

A plataforma do RD Station é robusta assim como as possibilidades de segmentação de leads. Há vários filtros disponíveis, desde dados do lead, etapa do funil que este lead se encontra na jornada, preenchimento de campos personalizados, cliques em links de e-mail marketing e também a origem de tráfego destes leads.

Segmentações no RD Station por Busca Paga e Social

Então, qual é o caminho para encontrar os leads gerados de campanhas de Ads?

  1.  No Menu do RD Station Marketing, clique em Relacionar -> Segmentação de Leads.
  2. Selecionar a condição “Conversão” -> “O Lead converteu” -> “a partir da origem” -> Busca Paga.

Por padrão, a condição “Busca Paga” no RD Station identifica as campanhas de Google Ads.

Para incluir os leads gerados nas campanhas de LinkedIn Ads e Facebook Ads, é necessário incluir uma nova condição chamada “Social”. Conforme imagem.

Com estas condições configuradas, você terá uma lista de segmentação de todos os leads da base do RD Station que vieram de Busca Paga (Google Ads) e Social (Facebook Ads e LinkedIn Ads).

Construção de URL com UTM

Para a correta filtragem da base de leads por origem do tráfego de Mídia Paga, é necessário indicar para o RD Station a origem deste tráfego na própria URL. Caso contrário, você pode enfrentar inconsistência nos dados.

Como se faz isso? Incluindo parâmetros. A maneira mais fácil – e aceita – pelo RD Station Marketing é com a inclusão de parâmetros de UTM na url final das campanhas. Com as UTMs, o RD Station conseguirá filtrar corretamente os leads.

Ferramenta de UTM para Mídia Paga

A equipe de Ads da Conexorama utiliza uma ferramenta online chamada URL Builder. Ela é gratuita e fácil de usar.

Por padrão, preenchemos os campos:

Campaign Source: facebook / google / linkedin

Campaign Medium: cpc

Campaign Name: [Nome da campanha]

Importante: é fundamental que você preencha o campo “Campaign Medium” com “cpc” que significa Custo Por Clique. Só assim a plataforma do RD Station Marketing conseguirá identificar adequadamente a origem do tráfego de Mídia Paga.

Segmentações no RD Station Avançadas de Mídia Paga

Quanto mais condições você incluir nas Segmentações, mais nichado será sua lista de leads. Por isso, além da origem do tráfego, incluímos períodos de conversão que queremos utilizar e também o perfil do Lead Scoring (entre A, B, C e D).

Em outras palavras, descobrimos detalhadamente quantos leads de Perfil A, por exemplo, foram geradas nas campanhas de Mídia Paga em um período determinado.

Você também pode adicionar filtros por eventos de conversão (campanhas), por dados do lead e até por fluxos de automação.

Relatórios para a Diretoria

Com o domínio da Segmentação de Leads e fazendo os cruzamentos com as próprias estatísticas das plataformas (Facebook Ads, Linkedin Ads e Google Ads) você conseguirá montar um Relatório digno para a Diretoria.

Agora, é mãos à obra e bora fazer essas segmentações no RD Station. Se ficou alguma dúvida sobre o passo a passo, fique bem à vontade de escrevê-la nos comentários!

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

André Ramos

Ads Expert em Conexorama
Jornalista com um pé na terra e outra na nuvem! Sempre buscando novos caminhos para ajudar as empresas a venderem mais pela internet, especialmente pelo Ads que dá uma formidável tração para toda estratégia inbound.
André Ramos