Blog, Funil de Vendas,

Posicionamento de mercado: o que é e como fazer do jeito certo

Por Guilherme Moura em 11 de janeiro de 2019
Entenda o que é posicionamento de mercado e como criar o seu de forma simples e efetiva conhecendo os 4 pilares para construir o posicionamento ideal.
Leitura de 4 minutos
Posicionamento de mercado: o que é e como fazer do jeito certo
Avalie este artigo:

Você sabe qual a diferença entre o produto/serviço que todo mundo lembra e o produto ou serviço que ninguém lembra?

A diferença é o seguinte:
Quanto mais as pessoas pensam as mesmas coisas a seu respeito, mais você é lembrado.
Quanto mais as pessoas pensam coisas diferentes sobre você, mais fraco é o seu posicionamento e menos você é lembrado.

Construir um posicionamento é um dos princípios fundamentais do marketing e todas as empresas deveriam saber como essa dinâmica funciona.

Quando você pensa em Coca- Cola o que vem a sua mente? E porque essas palavras vieram a sua mente?

É isso que vamos responder nesse artigo. Confira!

O que é posicionamento?

Posicionamento é o espaço que você ocupa na mente do seu consumidor.

Se existisse uma fórmula para o posicionamento ela seria: público-alvo + diferenciação.

Qual o espaço você ocupa na mente do seu consumidor em relação aos competidores?

Para uma empresa definir seu posicionamento da maneira certa ela precisa investir um bom tempo questionando e planejando a melhor estratégia.

Porque preciso ter um posicionamento?

O posicionamento faz com que todos tenham a mesma opinião sobre seu negócio,
e quanto mais pessoas falam a mesma coisa sobre você, mais força você ganha.

Isso significa dizer que as grandes marcas como Coca-Cola, Mc Donalds e Apple investem milhões por ano para firmar a sua identidade na mente do consumidor.

Aposto que, ao pensar em cada uma dessas marcas, as seguintes palavras vieram a sua mente:

Coca-Cola: Refrigerante e felicidade;
Mc Donalds: Mais famoso fast food;
Apple: Design e tecnologia.

Se essas palavras vem a sua mente quando pensa nessas marcas, não é por acaso. O marketing de cada uma dessas corporações trabalha estrategicamente toda a sua comunicação para que você pense isso sobre elas.

Quando todos têm a mesma opinião sobre seu negócio, ele se torna referência.

Foi exatamente isso que Carlos Moreno fez pela Bombril como garoto-propaganda da empresa.

Através da estratégia de repetição, a marca ganhou tanta força que hoje a maioria das pessoas não falam esponja de aço, mas sim Bombril se referindo a esponja.

Já imaginou o seu produto causando esse efeito na mente do consumidor?

É por isso que você precisa definir um posicionamento estratégico.

Como saber se eu tenho um problema de posicionamento?

Para saber se você, de fato tem um posicionamento de mercado, é preciso saber o que as pessoas pensam sobre seu produto ou serviço.

Aqui vale até mesmo fazer uma pesquisa com seus clientes. Pergunte quais as 3 primeiras palavras que vem a mente do seu consumidor quando ele pensa na sua marca.

Se essas palavras forem sempre as mesmas, já pode comemorar! Isso significa que você passa uma mensagem clara e consistente para o público.

Agora, se você tiver muitas respostas diferentes você tem um problema.

Por exemplo: Quando cada pessoa responde essa pergunta afirmando características diferentes.

Isso significa que sua mensagem não está clara. Pelo menos não o suficiente.

Dependendo do tamanho da sua empresa, você terá soluções diferentes para realizar essa pesquisa. Mas adianto aqui uma forma bem simples de fazer:

Com certeza você tem uma base leads do seu negócio. Pois bem, você pode acionar essa base, disparando um follow-up com essa pesquisa no Google Forms. Simples assim.

Vai por mim, funciona muito bem 😉

Como definir um posicionamento de forma fácil

Para definir seu posicionamento é preciso ter algumas informações em mãos que facilitarão as suas decisões.

Público-alvo:

O primeiro passo é entender quem é o seu público. É interessante também questionar se você está de fato atuando em um nicho, se tem personas específicas no seu negócio, ou se está vendendo para quem quiser comprar.

O problema que seu produto resolve:

Compreender de que forma seu produto ou serviço resolve o problema do seu consumidor, quais os benefícios ele vê e porque ele compra de você.

Concorrência:

Identificar como a concorrência é vista pelos consumidores e como ela se posiciona.

Diferenciação:

Definir uma estratégia para penetrar o mercado escolhendo um posicionamento que ninguém está “ocupando”. Digamos que, no mercado de restaurantes, em um bairro específico, existe a empresa que entrega o melhor ambiente, o outro o melhor preço. Você pode se diferenciar sendo a melhor comida, melhor atendimento, melhor experiência.

Lembre-se: posicionamento é público-alvo + diferenciação.

Conclusão

Toda empresa precisa definir um posicionamento de mercado para ter mais facilidade de penetração dentro do nicho e para ser lembrada pelo consumidor como referência no que fazem de melhor.
De tempos em tempo é legal rever se a estratégia de posicionamento adotada ainda é válida. O que servia como posicionamento ideal nos anos 90, não vale para 2019 . Se mantenha coerente também com as transformações que ocorrem no mundo.

Gostou desse artigo? Deixe um comentário e compartilhe com seus amigos!

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Guilherme Moura

Guilherme Moura

Marketing Expert em Conexorama
Apaixonado por Marketing Digital e Marketing de Afiliados. Ganhador do Prêmio RedBelt da Eduzz (faturamento acima de 6 dígitos). Nas horas vagas, praia, sol e água salgada.
Guilherme Moura