Blog, Funil de Vendas,

Vendedor com medo de vender? 5 dicas de como dar a volta por cima!

Por Content em 8 de dezembro de 2021

Talvez você possa estar cansado ou cansada de perder vendas diariamente. Se sim, alguma  coisa deve estar te impedindo de alcançar os resultados que gostaria. Essa “coisa” que pode estar te impedindo pode, por incrível que pareça, ser simplesmente o medo! 

É basicamente o medo que te faz pensar que não conseguirá, é o medo que te faz ter resultados medianos, é o medo que te deixa com a frustração de não conseguir vender mais. 

Sim, vender mais é possível!

Você precisa acreditar nisso.

Claro, vale frisar que a diferença entre vender mais e ter resultados consistentes ou vender pouco e ter baixo desempenho em vendas, não é a questão única e exclusivamente da presença ou da ausência do medo. 

Mas é consenso que a diferença de resultados, em tudo na vida, tem total ligação com a forma que você reage às situações, como o próprio medo. Quando você aprender a reagir ao medo, ele deixará de ser importante.

Por isso, no artigo de hoje, apresento 5 dicas de como eliminar o medo durante o processo de vendas, de modo simples e direto, de vendedor para vendedor(a), com o convite de você testar e depois compartilhar com a gente os resultados. Confira!

1 – Comece a venda pensando positivo!

Muitas vezes, após levar vários “não”, não significa que você não sabe vender ou deve até mesmo pensar em desistir. Não entre nessa vibe negativa!

Comece o seu dia idealizando o melhor cenário possível de vendas.

Você conseguirá, de modo tranquilo e confiante, apresentar o seu produto ou serviço de forma clara e prática. 

O nosso mindset é chave para conseguir alcançar esse cenário. Acreditar ajudará você a manter a energia, segurança, foco e determinação. Esse é o espírito de todo vendedor que bate as metas mês a mês.

Parece uma dica simples, e talvez seja mesmo.

Mas experimente, tenha pelo menos um dia que só ficou (irá se “policiar” para isso) no pensamento positivo. Não será fácil, claro que não. Mas vale muito a tentativa, afinal, irá transformar o seu resultado em vendas. Vai por mim.

2 – Definir metas claras, de curto, médio e longo prazo é o poder!

Ao definir metas claras, você irá mirar nas ações que realmente valem a pena, e não perderá seu tempo valioso ou do cliente em atividades que não trarão o resultado esperado.

As metas de vendas devem ser muito bem definidas e devem ter indicadores para acompanhar se de fato elas estão sendo atingidas. Elas devem obedecer a sua realidade de estrutura, capacidade e de tempo, com mês e ano para serem cumpridas.

Uma vez que tenha suas metas bem definidas, é hora de voltar para a performance pessoal.

Por exemplo, digamos que a meta seja fazer duas vendas no mês (número pequeno, mas comum para quem trabalha com vendas complexas, de B2B). Olhando o seu histórico, e aqui uma ilustração hipotética, digamos que a cada 10 propostas você fecha uma. Diante disso, sabemos que para bater a meta, pelo menos, preciso colocar 20 propostas naquele mês

Pronto, agora você pode ir monitorando quantas faltam, e pode ainda dividir em indicadores semanais. Se são 20 propostas no mês, e são 5 propostas na semana. 

Teve alguma semana que foi menos?


Ok, acontece. Na semana seguinte busco recuperar, fazendo um pouco mais.

Com as suas metas bem claras, e divididas em pequenos blocos, você perde bastante o medo de não conseguir vender, de não conseguir atingir o seu patamar desejado.

3 – Acredite no seu produto ou serviço!

Acreditar que você alcançará as suas metas é o modo de você canalizar todas as suas energias positivas para conseguir atingi-las. 

Acreditar loucamente no seu produto ou serviço, também é tão importante quanto, afinal, faz com que você tenha a sensibilidade de entender e descobrir como pode impactar as vidas das pessoas.

Pergunte-se sempre: Como meu produto vai agregar valor e ajudar as outras pessoas? Qual a diferença que ele faz? 

Ou seja, qual a dor/oportunidade que estamos resolvendo para aquela Persona? Por isso, é muito importante conhecer bem o público que está vendendo, as suas Personas, principalmente, o perfil de cliente ideal, conhecido como ICP.

Na maioria das vezes, o medo e insegurança de fazer uma boa venda estão totalmente ligados a falta de conhecimento do público com quem você está se conectando. Vendas é conexão, quanto mais conectado / interligado estiver com o seu Deal, mais fluido ocorrerá o processo de vendas.

4 – Entenda que você não vende um produto, você vende uma transformação

Talvez um pouco próximo da dica anterior, então enfatizando esse ponto, é muito importante você compreender que você vende uma solução para algum problema das pessoas. 

A pergunta que deve ser sempre feita é: 

O que estou ofertando, resolve o problema do meu cliente? 

Sabendo disso, seu objetivo é fazer com que o seu cliente entenda e sinta que o que está ofertando é o ideal para ele naquele momento, é justamente o que ele está buscando. A transformação.


Podem existir diversas características do produto, e algumas vezes isso até lhe assustar (vendedor fica com receio de errar alguma informação repassada, é muito normal). Ainda que “decorar”, compreenda a fundo o seu produto, nos detalhes técnicos, ele tem uma resolução simples, que é transformação.

Pode ser uma caneta ou até uma casa. Existe uma transformação, e focar nesse ponto é sempre o que gera segurança em vendas.

Claro, não é fugir do debate técnico, não me compreenda errado. É sim, dar bastante destaque para a transformação que ocorre com aquele produto / serviço. Isso é o maior ganho para o cliente, e permite o vendedor trabalhar ativamente com oas três dicas anteriores (pensar positivo, metas e acreditar no produto).

5 – Grave e se assista sempre!

Uma dica muito legal é gravar suas reuniões de vendas com seus clientes. Claro, antes de tudo, nunca se esqueça de pedir autorização e explicar que a gravação será  simplesmente para fins de estudos.

Se o cliente não permite, tudo bem. Se ele permitir, melhor ainda. Salve as gravações, para voltar nelas e assistir junto com um par de vendas (um colega ou seu líder direto).

Dessa forma, você poderá rever e assim observar quais pontos precisa melhorar e ajustar seu pitch de vendas. Fica claro para você se está nervoso ou não. Se está se conectando com o Deal. Além de ajudar justamente nas dúvidas técnicas.

Faça desse processo um ritual semanal. E siga à risca, reservando tempo para esse estudo, ele irá transformar sua performance em vendas.

Vendas é conexão: você está preparado?

São 5 dicas bem simples e fáceis de pôr em prática que vão te ajudar a eliminar de uma vez por todas o medo de vender.

Lembre-se que vendas é um processo de Conexão. Então é preciso sempre estar estudando e se atualizando! Vendas não é dom, é um método, que quando  bem feito amplia os resultados para todos (você, sua empresa e seus clientes, que precisam da sua solução).

Sempre é preciso ter foco, metas claras de curto, médio e longo prazo. Ao acreditar no seu potencial,com certeza você terá tudo que é necessário para mudar e impactar a vida das outras pessoas com seu produto e serviço.

Dedique um tempinho do seu dia para estudar sua Persona, pesquise sobre suas maiores dores, desejos e até mesmo sonhos. Assim você entenderá melhor o seu cliente e o ajudará a tomar a melhor decisão de compra. 

E você, o que tem feito para ampliar a sua forma de vender mais?


Deixe um comentário! A sua dor ou história ajudará outras pessoas.

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x