Blog, Inbound Sales,

4 estratégias de Marketing Digital para quem está começando

Por Gabriella Szpoganicz em 17 de agosto de 2016
Na era digital, procuramos tudo na internet. É nesse cenário que se encaixam as estratégias de Marketing Digital. Está começando? Saiba como fazer!
Leitura de 6 minutos
4 estratégias de Marketing Digital para quem está começando
5 (100%) 5 vote[s]

Estamos vivendo na era digital e procuramos tudo na internet, desde uma simples pesquisa a título de curiosidade até um produto ou serviço que temos necessidade de comprar ou contratar. É nessa realidade que se encaixam as estratégias de Marketing Digital citadas no título desse artigo. As empresas que ainda não estão inseridas nesse meio estão ficando para trás, e na velocidade que as coisas estão acontecendo, vai ser difícil alcançar a concorrência se esperar muito.

Ter uma presença forte na internet é essencial para o sucesso do seu negócio, independente da área que você atua. Por isso, separamos algumas dicas que você deve começar a aplicar já, antes que seja tarde. Mãos à obra!

1. Planejamento de Marketing Digital

O primeiro passo de qualquer estratégia é sempre o Planejamento, pois é ele que vai guiar todas as ações ao longo do caminho. É importante que seja documentado e compartilhado com quem vai participar do processo, com objetivos e metas claras, responsáveis por cada tarefa, orçamento disponível, prioridade de atividades, e sem esquecer dos prazos.

É nesse momento que você precisará juntar todas as informações pertinentes ao Marketing Digital e definir o que ainda não estiver claro para a sua empresa, começando com: suas ofertas, personas, palavras-chave e concorrentes. Esses dados são essenciais para criar estratégias focadas e que convertam em resultados.

Lembre-se que o Planejamento pode – e deve – ser revisado frequentemente, para que metas, prazos e budget sejam ajustados conforme o desenvolvimento do projeto e os resultados alcançados. A análise do que foi ou não realizado é essencial para saber o que faltou e o que pode ser melhorado para os próximos passos.

Quer saber mais sobre como definir um Planejamento de Marketing Digital?

2. Ter um Site/Blog

Você já tem um site? Saiba que, após o planejamento, é a primeira etapa para colocar as estratégias de Marketing Digital em prática. Você precisa de um destino para as suas campanhas e um “depósito” para todos os seus materiais. Além disso, as pessoas precisam encontrar a sua empresa facilmente, e onde que elas irão procurar primeiro? Na internet! Lembra? Então não perca tempo e garanta seu endereço online.

“Mas, só preciso ter um site para ser encontrado? Tão fácil assim?” NÃO! Você deve investir em conteúdo de qualidade, em informações úteis para quem está pesquisando pelo seu negócio, ou seja, escreva para o seu público-alvo, para as suas personas. Uma dica válida também é criar um Blog, para centralizar os seus conteúdos e fortalecer sua presença online.

O Blog vai servir como instrumento de comunicação com o seu público e é importante que você consiga manter uma frequência de publicação, pois é um fator positivo para o seu SEO (Search Engine Optimization). Sendo assim, adicione também essa programação ao seu planejamento, para que não falte conteúdo e interrompa sua rotina de atualização.

Após alimentar seu site/blog com conteúdos valiosos, não esqueça de adicionar um campo para captação de e-mails, aquele de “Assine nossa Newsletter” que você já deve estar cansado de ver. Através dessa ferramenta, você conseguirá “seguidores” para o seu site/blog, aumentando o engajamento de quem já acompanha e trazendo mais fãs para a sua empresa.

3. Investir em Compra de Mídia

Se engana quem acha que vai começar a aplicar o Marketing Digital e ter resultados no mês seguinte. É uma estratégia que precisa de planejamento, paciência e muito trabalho. Todo o esforço para aumentar o alcance da sua marca valerá a pena quando o investimento estiver se pagando. Mas, até chegar a esse ponto, é preciso investir em outros canais.

É nesse contexto que você pode começar a pensar na compra de mídia, otimizando seus resultados de curto prazo, e conseguindo organizar sua empresa e seus recursos para as estratégias de longo prazo.

Nesse artigo, vamos falar dos dois canais mais conhecidos e que trazem mais resultados: Facebook Ads e Google AdWords. Confira!

Facebook Ads

O Facebook é a maior rede social do mundo e, consequentemente, uma ferramenta importante para a geração de leads. Mas, existe uma grande desvantagem na sua utilização para anúncios pagos: as pessoas acessam para encontrar amigos, ver fotos e se entreter quando estão entediadas, e assim, o objetivo principal de um anúncio, que é oferecer um produto ou serviço, pode não ser tão efetivo.

Por outro lado, a quantidade de informações coletadas dos usuários é cavalar, permitindo que as campanhas sejam voltadas para segmentações específicas, onde pode-se definir as características do público que se quer alcançar, assim o anúncio só aparece para quem é potencial cliente. Assim, além de conseguir oferecer muito mais foco à sua estratégia, as campanhas são de baixo custo, otimizando o seu investimento nesse canal.

Google AdWords

Por ser o mecanismo de busca mais conhecido do mundo, o Google deve fazer parte da sua estratégia de Marketing Digital. Com o Google Adwords, você cria seus anúncios pagos e fortalece sua presença na internet, além de fazer com que o visitante fique cada vez mais próximo da etapa de compra.

Se o seu objetivo for vender, ou seja, a conversão imediata, esse canal é uma ótima opção, por ter uma taxa de conversão maior, atingir mais pessoas e por seu ponto forte, o fato de as pessoas estarem pesquisando ativamente pelo problema.

Para saber mais sobre estes canais de anúncios, leia nosso artigo: Google AdWords ou Facebook Ads: onde é melhor anunciar?

4. Acompanhamento

Tudo que for feito deve ser acompanhado e analisado. Enquanto você acompanha, consegue corrigir pequenos detalhes antes que se tornem algo maior e sem volta, e depois que analisa, já pode traçar novos caminhos e definir novas ações, de modo que os erros cometidos não se repitam. Assim, você também evita maiores esforços por parte da sua equipe.

Defina uma estratégia de análise, para que os envolvidos saibam suas responsabilidades, o que deverá ser analisado e com que frequência. Assim você garante um diagnóstico preciso do seu projeto, por etapas, e estará preparado para os eventuais imprevistos que possam aparecer.

Lembre sempre de testar alternativas, e documentar os erros e acertos, para ganhar agilidade e garantir maior chance de sucesso ao seu projeto. E mesmo o que estiver dando certo pode ser otimizado. Volte em algumas etapas sempre, analisando o que pode ser melhorado.

Não tem como não investir em comunicação digital no atual cenário. A concorrência já está muito a frente por ter um site e fazer algumas campanhas de mídia paga. Por isso, não fique para trás. Demore o tempo que precisar no seu planejamento, monte já o seu site e blog, defina seu budget inicial para compra de mídia e acompanhe todas as suas ações. Os primeiros resultados começarão a surgir e você estará preparado para o crescimento do seu negócio.

Gostou desse artigo? Coloque em prática nossas dicas e deixe seu comentário. Queremos saber do seu sucesso! E compartilhe nas redes sociais 😉

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Gabriella Szpoganicz

Customer Success General Manager em Conexorama
Administradora, apaixonada por Marketing Digital e insuportavelmente organizada. Não consigo "deixar pra depois" um atendimento. Amo viajar, ler e não cozinhar.
Gabriella Szpoganicz