Blog, Metodologia Conexorama (como fazemos),

7 conselhos sobre gestão de Marketing para times mistos

Por Shymenne Siqueira em 7 de setembro de 2022

Ter um time de alta performance em Marketing é o desejo de qualquer empresa. E, para isso, muitas dessas organizações buscam uma agência de marketing para atuar como o braço direito do setor, formando assim um time misto.

Mas para que essa parceria seja um sucesso, é preciso uma gestão atenta e que consiga transformar desafios em oportunidades ao liderar times especializados e multidisciplinares.

Neste artigo, listamos alguns conselhos baseados em nossas experiências trabalhando junto a equipes de marketing de empresas dos mais variados setores. Confira!

Por que optar por um time misto de marketing?

Destacar e posicionar uma marca no mercado é uma tarefa que exige muitas cabeças pensantes e braços dispostos a colocar em prática o que foi estabelecido. E nem sempre seu time interno será o suficiente para isso.

É aí que parcerias com agências de marketing se tornam a melhor solução para construir equipes que desejam performar com qualidade, contando com profissionais especializados e experientes, e com um bom custo benefício.

Com um time misto de marketing é possível trabalhar com a expertise das duas equipes. Enquanto uma está focada em guiar o processo e aplicar a metodologia estabelecida, a outra pode se dedicar aos desenvolvimento de novos projetos. 

7 conselhos para uma gestão de sucesso para times mistos de marketing

Na teoria tudo funciona muito bem e de forma simples. Mas, sabemos que, na prática, liderar um time misto pode ser desafiador. Por isso, confira abaixo alguns conselhos sobre gestão de times mistos de marketing.

1. Tenha metas SMART alinhadas com o time todo

O primeiro passo para uma gestão de sucesso é ter um propósito bem definido e alinhado com todos os profissionais da equipe, sejam eles do time interno ou externo.

Uma forma de otimizar esse processo é definir as metas e objetivos com base na metodologia SMART, ou seja, baseando-as em cinco critérios:

Definidas as metas, é hora de alinhá-las com toda a equipe, de modo que cada profissional consiga interpretar e entender cada ponto desse planejamento e sejam capazes de compartilhar experiências, identificar seus pares, avaliar resultados e traçar planos para alcançar aquilo que foi proposto.

2.  Empodere e direcione seus liderados 

Um bom gestor é aquele que consegue identificar as principais habilidades de seus liderados e potencializá-las.

Para isso, nada melhor do que mapear essas habilidades e aptidões e ajudar no desenvolvimento de seus liderados, direcionando-os para capacitações e atividades onde eles possam maximizar seus pontos fortes.

Um processo importante para esse desenvolvimento está nos feedbacks e feedforwards constantes, que orientem e alinhem expectativas e ajustes de rotas.

Esse trabalho de direcionamento empodera o liderado, que se sente amparado, ao mesmo tempo em que consegue desenvolver uma maior autonomia na execução de tarefas e mesmo tomada de decisões.

Com o desenvolvimento de suas potencialidades e consequente empoderamento, os profissionais do time interno se tornam importantes também na condução do time de marketing parceiro, sendo capazes de gerenciar determinadas atividades e aprovações.

E não pense que essa dica vale apenas para a porção interna do time! Apesar de não ser responsável pelo treinamento do profissional da agência, você pode direcionar a ele as atividades para as quais ele tem maior habilidade, extraindo o melhor de seu parceiro!

3. Ofereça suporte e treinamentos

Negligenciar a falta de informações ou alinhamentos pode ser fatal para o desenvolvimento de seu projeto de marketing. Por isso, atente-se às necessidades de suas equipes e ofereça suporte e treinamentos.

No caso dos times externos, um treinamento sobre a cultura da empresa, diretrizes de comunicação ou área de atuação pode sanar diversas dúvidas e evitar problemas futuros.

Do mesmo modo, um treinamento sobre determinada ferramenta para o time interno pode potencializar entregas e resultados.

Um ponto importante é que o suporte e os treinamentos não precisam ser necessariamente ministrados por você. Conhecendo as habilidades e potencialidades de seus liderados, você pode empoderá-los para isso, e até mesmo pedir que a agência ofereça determinados treinamentos.

4. Promova a integração entre a equipe

A integração entre os times interno e externo de marketing é básica e fundamental para o sucesso do projeto, mas essa integração não deve ser limitada a esses dois times.

Busque envolver outras equipes, como por exemplo o time de vendas, nos alinhamentos e processos do projeto de marketing. Essa integração pode trazer novos insights e ajustes para que os objetivos traçados possam ser alcançados de forma mais eficaz.

5. Defina uma metodologia de processos

Adote ou adapte uma metodologia de processos que organize as tarefas de seu time interno e o acompanhamento das entregas, solicitações e aprovações do time parceiro.

A organização desses processos ajuda diretamente na economia de tempo e na redução de erros e mesmo de processos burocráticos.

6. Defina e respeite prazos

Um dos pontos que mais causam atritos entre equipes mistas de marketing está o atraso na entrega e de aprovação de demandas. Para evitar essas situações, alinhar e respeitar prazos é fundamental.

Aqui, o exemplo do gestor conta muito para o comportamento dos liderados. Ou seja, defina, mas também cumpra os prazos estipulados, principalmente no que se refere a aprovações, solicitações de ajustes ou disponibilização de informações.

7. Não se esqueça de seu desenvolvimento profissional

Para uma gestão de equipes eficaz e de sucesso, é fundamental que o líder também esteja em constante aprendizado e evolução profissional, ainda mais em uma área como o Marketing.

Estar atualizado sobre novas tendências, tecnologias e ferramentas auxiliará em sua gestão, tomada de decisões e mesmo na necessidade de mudanças de rotas e ajustes de equipes.

Cursos e trilhas online são uma excelente oportunidade para se atualizar quanto às tendências do mercado e ainda encontrar uma comunidade para debater sobre a área e os seus desafios.

O gerenciamento de equipes exige conhecimento técnico e também de pessoas. Tudo isso para otimizar os processos, integrar funções, potencializar habilidades e conquistar os resultados almejados.

Se gerenciar um time já é desafiador, fazer a gestão de equipes mistas também. Mas isso não significa que esse seja um trabalho desgastante ou impossível. Pelo contrário. 

O profissional que consegue alinhar expectativas e fazer com que os times tenham uma boa comunicação e entendimento conseguirá não apenas bons resultados, mas evoluir profissionalmente e desenvolver seus conhecimentos e habilidades.

E você? Tem mais algum conselho sobre como gerir times de marketing mistos? Gostou deste artigo? Deixe aqui seu comentário.

Banner "Conquistamos um ROI de 174% com ações de marketing digital, confira o case"
Shymenne Siqueira

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x