Blog, Ferramentas,

Erro 404: o que é e como corrigir para não impactar sua estratégia de SEO

Por Content em 25 de agosto de 2021

Quem já clicou em um link ou digitou a URL no navegador e deu de cara com o famoso Erro 404 sabe o que é frustração, não é mesmo?! O sentimento de “não saber pra onde ir” causado por esse erro já virou motivo de muitos memes nas redes sociais. 

Imagem com fundo preto e escrito em letras brancas "Error 404 Meme Not Found"

Mas apesar das brincadeiras e de parecer um erro sem muita importância, esse problema não é nada atrativo para os visitantes que acessam seu site e ainda prejudica sua estratégia de SEO.

O erro 404, também é conhecido como 404 Not Found e acontece geralmente quando a URL em questão não corresponde a página alguma, seja porque o visitante tenta acessar um endereço incorreto ou porque a URL não existe mais, tendo sido alterada ou excluída pelo administrador do site. 

Neste artigo, vou explicar detalhadamente como esse erro acontece e os principais pontos que podem te ajudar a evitar esse erro no seu site para, consequentemente, melhorar sua estratégia de SEO. Vamos lá? 

Explicando o que é o Erro 404

Como dito antes, o Erro 404 aparece quando a URL digitada na barra de endereços do navegador não existe, gerando uma resposta automática do servidor do site que informa o erro. 

Esse código de erro indica que está tudo bem com o site em questão, mas o endereço específico digitado não foi encontrado.

Isso pode acontecer por alguns motivos:

Considerando os motivos citados acima, alguns se originam dos próprios visitantes e usuários, como o próprio código do HTML deste erro já pressupõe:

Imagem traz o significado do código 404, sendo o primeiro 4 indicando erro do cliente e o último 4 indicando como não encontrado

Entretanto, se você tem uma estratégia de Marketing de Conteúdo, é possível que alterar URLs ou mesmo excluir páginas faça parte de sua estratégia em determinado momento. Por isso, é extremamente importante monitorar estes erros para entender se você pode fazer algo para resolvê-los e agir. 

SEO e o ERRO 404

Em um momento em que a experiência do usuário tem cada vez mais importância, conseguir oferecer o que o visitante procura no momento da busca é fundamental. 

Uma boa experiência do visitante não depende apenas da velocidade de carregamento, desempenho técnico da ferramenta e utilidade, mas também precisa garantir que o visitante encontre o que ele espera encontrar.

Por isso, é preciso ficar atento ao impacto que o comportamento do usuário pode ter nas estratégias de SEO do seu site. 

Desse modo, se você possui uma página com um bom conteúdo, diversos links externos e um bom volume de tráfego, se em algum momento ela ficar inacessível, os impactos serão preocupantes, principalmente porque sua taxa de rejeição irá aumentar instantaneamente. 

Por isso é importante que o profissional de SEO esteja atento e consiga solucionar rapidamente este problema. 

Como identificar esse erro no seu site? 

É possível identificar se seu site possui links quebrados ou endereços inválidos de duas maneiras: fazendo uma análise manual de todos os links do seu site (o que, dependendo da quantidade de páginas, vai levar uma eternidade) oooou, utilizando algumas ferramentas disponíveis, que podem facilitar muito esse processo, sendo elas: 

Broken Link Checker (plugin)

Para quem tem um site WordPress, esse plugin é uma ótima ferramenta para fazer a verificação automática dos links quebrados para os quais seu site aponta – sejam eles internos ou externos. 

Print do plugin Broken Link do WordPress

Você pode programar o plugin para enviar um alerta para seu e-mail periodicamente com os links quebrados encontrados e, na própria página de acompanhamento do plugin, decidir o que fazer com cada um deles: corrigir a URL ou remover o link.

Dead Link Checker (site)

Agora, se seu site não é WordPress, ou por algum motivo você não quer instalar um plugin nele, o site Dead Link Checker é uma alternativa para essa análise.

Nele  você tem a opção de analisar todo seu domínio ou páginas específicas atrás de links quebrados; entretanto, por não ser vinculado ao seu site, você precisará acessar as páginas que contém links quebrados para corrigi-los.

Print do site Dead Link Checker

Google Search Console (ferramenta)

Como um complemento às duas opções anteriores, dentro do Google Search Console existe o relatório “erros de rastreamento”, onde você encontrará uma listagem das URLs quebradas.

Além disso, essa ferramenta te permite monitorar facilmente e, em alguns casos, resolver erros de servidor, problemas com o carregamento do site e problemas de segurança, como invasão do site e malware.

Print do Google Search Console

Afinal, como resolver erros 404??

Você identificou que algumas de suas páginas apontam para links que estão acusando o erro 404, e entendeu como isso pode ser prejudicial para a experiência de seus visitantes, mas como resolver?

A resposta não poderia ser mais simples: garantindo que suas linkagens estão apontando para as URLs corretas. Mas para te explicar como fazer isso, precisamos explorar dois cenários diferentes:

Erro em um link externo

Se uma de suas páginas está apontando para a URL de um outro site que, em suas análises, descobriu que não existe mais, você tem algumas opções:

Erro em um link interno

Agora se o problema foi identificado em uma URL de seu próprio site, existe uma ferramenta que pode te ajudar a resolver este problema: o redirect 301.

O redirect 301 é um comando dado para o servidor de seu site para informar que a URL buscada foi movida permanentemente para outro endereço, e esse comando redireciona o visitante que tentou acessar a URL “quebrada” para o novo caminho.

Novamente, se você utiliza o WordPress, existem diversos plugins que permitem a configuração simplificada desse redirecionamento.

Quer um exemplo prático de aplicação desse redirecionamento? Pense que você tem diversos artigos publicados sobre um mesmo tema, mas descobre como isso é prejudicial para as estratégias de SEO e decide reuni-los em apenas uma página.

Pode ser que você já tenha links (internos e externos) apontando para todas essas páginas, e se apenas excluísse-as, vários visitantes deixariam de encontrar seu conteúdo. Mas, configurando o redirecionamento de todas as páginas anteriores para a nova, o problema estará resolvido.

 

Sua página de Erro 404 personalizada!

Esperamos que ninguém nunca tenha que ver sua página de erro 404, mas sabemos que isso é praticamente impossível. Por isso, é importante pensar em criar uma página de erro 404 personalizada, que possa virar o jogo da experiência de usuário.

Personalizar essa página de Erro 404 do seu site tem o objetivo de conduzir o visitante para as páginas atualizadas do seu site. E vai além disso: a ideia é fazer o visitante criar um laço com sua empresa, fazer ele sorrir e se identificar de alguma maneira com o que estava procurando e até mesmo, se tornar um lead dentro de todo esse processo. 

Podemos fazer isso inserindo um CTA que faça ele visitar a HomePage do seu site, ou converter em algum material. 

Desse modo, ao decidir criar uma página de Erro 404 personalizada, tenha em mente que ela precisa ter a mesma identidade do site, traga a mensagem de erro de forma amigável e faça convite para alguma página (válida!) do seu site. 

A nossa é assim:

Print da página de erro personalizada da Conexorama

Como criar uma página de Erro 404 no WordPress? 

Para ter sua página de erro 404 personalizada, o primeiro passo é criar uma nova página.

Adicione as imagens e prepare a mensagem de erro, lembrando de trazer a identidade de seu site (e da sua empresa) para a página.

Feito isso, é hora de instalar o Plugin 404 page no seu site (dentro do WordPress). Depois de instalado, abra o plugin, vá até a aba “general” e selecione a página que você quer configurar como destino para os usuários que acessarem uma URL inexistente, no caso, essa que você acabou de criar. 

E, por fim, não se esqueça de atualizar o seu arquivo robots.txt para impedir que essa página seja indexada pelos buscadores.

Espero que com este artigo você consiga entender um pouco mais sobre o famoso erro 404 e dar a atenção que ele merece! Como vimos, identificar e solucionar este erro não exige muito tempo e contornar este problema pode nos trazer melhores resultados e desempenhos! (:

Caso ainda tenha alguma dúvida, pode deixar nos comentários que adoraremos responder!

 

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x