Blog, Email Marketing,

Em terra de email marketing, o assunto é rei! (Como um bom título e copy afetam suas métricas?)

Por Content em 12 de janeiro de 2022

Seja qual for o segmento, o email marketing é uma estratégia que está presente nas campanhas publicitárias para divulgar sua marca. Em alguns casos, como parte complementar ao Inbound Marketing, em outros, como ferramenta principal de divulgação.

Fato é que o email marketing, mesmo sendo uma das formas mais antigas de se fazer marketing digital, ainda está vivo e não tem intenção nenhuma de se aposentar tão cedo. O motivo é simples: é barato, fácil de usar e, acima de tudo, continua apresentando resultados surpreendentes.

No entanto, por esses mesmos motivos, ele também apresenta um problema: a concorrência é grande pela caixa de entrada do seu Lead. Não é fácil se destacar numa imensidão de mensagens, ainda mais quando se trata de publicidade.

Por isso, a criatividade e a persuasão por meio de técnicas de copywriting são a chave para aumentar o engajamento e as taxas de abertura e cliques numa estratégia de email marketing. E tudo isso começa pelo assunto do email… Confira as dicas que vão fazer sua mensagem se destacar!

1. Use um remetente reconhecível

Quando seus Leads recebem suas newsletters, eles sabem de quem é esse email?

Antes mesmo de falarmos do assunto propriamente dito, é importante levar em conta o que vem antes dele, o remetente. Afinal, esta é a primeira coisa que seu Lead vai ver. 

Assim, você precisa ter certeza de que o campo “remetente” é reconhecível e confiável. Afinal, dificilmente seu Lead irá abrir o email de quem não conhece.

O mais comum é usar o próprio nome da empresa ou marca como remetente, ou então, se seu negócio tiver uma linguagem mais pessoal ou de proximidade com o contato, pode usar o nome da pessoa seguido da empresa. Por exemplo: “Ana da Conexorama”, ou até mesmo só o nome e sobrenome do CEO ou Diretor de Marketing da empresa.

Lembre-se: se o usuário não reconhecer de quem é a mensagem, ele pode acabar te marcando como SPAM.

2. O tamanho importa… 

Quando nos referimos ao assunto do email, temos que levar em consideração que existe um limite de caracteres que pode contribuir para aumentar sua taxa de abertura..

Então, no quesito email marketing, o tamanho importa sim!

GIF mostra homem surpreso

A quantidade exata de caracteres que é exibida pode variar, pois vai do servidor de email e também do tamanho de tela em que será exibido. 

Se seu público usa mais o celular para acessar os seus conteúdos, o ideal é que você mantenha seus assuntos com uma média de 35 caracteres.

Nós sabemos que é difícil! Então se precisar que eles sejam mais longos, tenha em mente que podem ser cortados em visualização mobile, então faça com que a palavra de destaque fique no início.

Se você sabe que seu público costuma usar mais o computador para abrir emails (como pode ser o caso de clientes corporativos), essa média sobe para 70 caracteres em média.

3. Aplique a técnica dos 4 Us no assunto do email

No copywriting, temos muitas técnicas de persuasão para tentar convencer alguém a tomar uma ação. 

Uma das mais conhecidas é a Técnica dos 4 Us, comumente usada para Headlines, mas que pode ser perfeitamente adaptada para assuntos de email, fazendo com que seus assuntos cumpram o checklist e sejam:

Nem sempre você vai conseguir usar os 4 Us num único assunto, então tente aplicar o máximo de Us que conseguir. Veja um exemplo:

“Descubra agora como vender 3x mais com Facebook Ads”

Digamos que seu público-alvo são pequenos empreendedores que vendem artigos locais em suas cidades (como roupas, jóias etc.) e você vende um curso ou consultoria de Facebook Ads.

Esse assunto é Urgente (“descubra agora”), Útil (“como vender”), Único (“3x mais”) e Ultraespecífico (“com Facebook Ads”).

4. Preste atenção na sua Persona

Com certeza você já ouviu falar no quão importante é uma boa definição de Personas para suas estratégias de marketing. E ainda assim, muita gente não dá a devida atenção a este ponto.

Para uma estratégia de email marketing, uma Persona bem definida é tão importante quanto em qualquer outra ação. Talvez, até mais importante, justamente por conta da concorrência que é a caixa de emails de um Lead.

Mais do que somente saber a linguagem para se comunicar com seus Leads, conhecer sua Persona e construir uma estratégia adequada para o seu canal de email marketing também vai te ajudar a:

5. Use palavras de poder no email marketing

Chamamos de palavras de poder aquelas que podem desencadear emoções poderosas na mente do leitor, tendo um efeito quase instintivo, por pertencerem ao nosso subconsciente.

Essas palavras influenciam emoções ancestrais, como a sensação de pertencer a um grupo, a necessidade de segurança, etc. Existem muitos estudos sobre isso na área da psicologia e do neuromarketing.

Você pode já ter ouvido falar delas com o codinome de “gatilhos mentais” e, quando aplicadas no assunto do email marketing, podem gerar resultados significativos. 

Vamos falar um pouco sobre alguns desses gatilhos e seus efeitos então:

Gerar curiosidade

Nosso cérebro é ativado automaticamente quando confrontado com algo desconhecido, indefinido ou obscuro. Nosso desejo de colocar tudo em ordem nos detém no que lemos para aprofundar-nos.

Palavras como “bastidores”, “inesperado”, “exclusivo” podem gerar curiosidade no leitor, vontade de saber mais e, portanto, de abrir o email. 

Você já deve ter recebido emails convidando para conhecer um “produto exclusivo”, ou conhecer os “bastidores” daquele famoso lançamento, né?

Mexer com a vaidade

Sentir-se saudável, ter uma aparência boa e ser atraente… são estímulos antigos e muito fortes na humanidade. Mexer com a vaidade do seu leitor é uma excelente estratégia, especialmente quando se vende produtos de beleza, saudáveis, para emagrecimento, etc.

Algumas palavras de poder são “brilhante”, “saudável”, “elite”, “melhor”, “forte”. Palavras que ajudam a melhorar nossa aparência, tanto física quanto psicológica e socialmente.

Inspirar confiança

A confiança é um fator de extrema importância para qualquer marca. E ela é tão difícil de conquistar quanto é fácil de perder.

Somente um usuário que confia em sua marca vai comprar seus produtos e te recomendar aos colegas e amigos.

Abrir um e-mail também é um gesto de confiança: tenho que confiar em você, entender que você não está me enganando e dar aquele passo rumo ao desconhecido, abrir o email e ler o que está dentro.

Palavras como “especialista”, “garantido”, “oficial” e “certo” expressam confiança e dão um sentido de oficialidade ao que estou lendo. 

Gerar medo de perder algo

Este é um clássico do email marketing – bem como de qualquer peça publicitária, tanto que existe um termo para a sensação que é gerada com a técnica: FOMO (do inglês, fear of missing out).

“Restam apenas 14 peças disponíveis. Não deixe escapar sua oportunidade!”

O medo de perder uma chance que pode não existir mais, de não ter aproveitado aquela promoção, ou de ficar sem algo que o fará se sentir exclusivo. Esta é uma sensação forte para o usuário.

Palavras como “louco”, “irrepetível”, “por apenas”, “última chance” são usadas principalmente por marcas que vendem online para incentivar as compras.

Mas vale uma atenção: essas são palavras muito fortes e sua carga negativa estressa o leitor. Se usadas muitas vezes, podem perder a eficácia e gerar o efeito contrário.

Mais dicas rápidas de assunto para email marketing

Há ainda outras dicas e truques que podem destacar seu email na caixa de mensagens do seu Lead. Confira estas 6 sugestões para incrementar ainda mais sua comunicação por email marketing:

Teste, teste e teste mais um pouco

Engana-se quem pensa que email marketing – assim como qualquer metodologia dentro do Marketing – seja mero “achismo” ou subjeção.

Existe ciência por trás das estratégias, e esse ponto vem ficando cada vez mais acurado com o uso das análises de dados. Mas, como estamos tratando também de comportamento humano, não existe uma receita perfeita para tudo.

O que funciona para uma campanha pode ser um total fracasso em outra situação. Como dissemos, sua estratégia precisa estar alinhada com uma Persona muito bem definida, a linguagem certa e diversos outros fatores.

Resumindo: teste, teste e teste novamente. No email marketing, fazer testes é fundamental para saber o que está funcionando e o que está deixando a desejar.E, obviamente, acompanhe e analise todas as métricas relacionadas a essa estratégia, como as taxas de abertura, taxas de clique, taxa de rejeição, CTOR (a relação entre as taxas de abertura e cliques), o ROI gerado por esse canal, entre outros que possam ser relevantes para o seu negócio.

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Tudo sobre email Marketing na prática >> Trilha | Aulas práticas | Apenas R$58 😱

0
Would love your thoughts, please comment.x