Blog, Marketing de Conteúdo,

Decisão de compra: dicas para criar conteúdo de fundo de funil que converte

Por Shymenne Siqueira em 5 de julho de 2019
Leitura de 4 minutos
Decisão de compra: dicas para criar conteúdo de fundo de funil que converte
5 (100%) 1 vote[s]

Quem trabalha com Inbound Marketing sabe a importância de criarmos conteúdos que acompanhem e apoiem os clientes em sua jornada de compras pelo funil de vendas com o objetivo de auxiliá-los em sua decisão de compra.  Só para relembrar:

No Topo do Funil (ToFu) precisamos despertar o interessante do visitante, enquanto no Meio do Funil (MoFu) trabalhamos conteúdos que mostram de forma sutil como nossa solução pode ajudá-lo.

Já no Fundo do Funil (BoFu) chegamos em uma fase onde o lead já está qualificado e prestes a se tornar um cliente. E é sobre essa fase de decisão de compras que vamos focar no artigo de hoje.

Confira dicas de conteúdos incríveis de fundo de funil que podem auxiliar os seus leads a converterem e se tornarem consumidores de seu produto ou serviço.

Características de fundo de funil

Por ser o estágio final do processo de vendas,  a decisão de compra exige conteúdos que falem diretamente do produto ou serviço oferecido e que apresentem de forma bem clara as vantagens que o lead terá ao se decidir por essa aquisição.

Além disso, nessa etapa é esperado que os leads já tenham uma compreensão clara do problema que precisam resolver e da área de atuação do negócio.

É neste momento que o lead está preparado para fazer sua decisão de compra, considerando prós e contras e também pesquisando concorrentes.

Futurama Buy GIF - Find & Share on GIPHY

Formatos diferentes convertem mais na decisão de compra?

Muitas pessoas acreditam que trabalhar com formatos diferentes – eBooks, infográficos, white papers etc –  seja a solução para converter mais leads em conteúdos de fundo de funil. O que muita gente se esquece é que esses formatos também podem ser trabalhados em outras etapas do funil de vendas.

Mas e agora? O que fazer?

What Happens Now GIF by Romy - Find & Share on GIPHY

É claro que trabalhar  formatos diferentes despertam a curiosidade dos leads e auxiliam na conversão (e isso vale para todas as etapas!), mas o material corre o risco de perder valor se não tiver o básico: a qualidade do conteúdo e a capacidade de resolver/responder às necessidades dos leads, fator fundamental para a decisão de conversão.

Conteúdo de qualidade para converter

Como já citamos anteriormente, o conteúdo de um material de fundo de funil deve trazer a solução final para o lead que já está ciente de seu problema e busca alternativas para resolver essa questão. Isso significa que é nesse momento que precisamos ter um foco maior na nossa oferta e despertar o desejo de compra do lead.

Kenan And Kel Want GIF - Find & Share on GIPHY

Para construir esse tipo de conteúdo é necessário que tenhamos mais um alinhamento entre as equipes de Marketing e Vendas. É que chegou o momento de termos os gatilhos necessários para convencer esse lead e conhecer os detalhes da nossa solução que mais encantam os nossos clientes já fidelizados.

Esses insights devem ser trabalhados no conteúdo focado na decisão de compra, inclusive de forma direta, demonstrando o valor da solução que queremos vender e explicando os detalhes que podem fazer a diferença em um momento de escolha.

Outra dica importante é demonstrar todas os benefícios  através de provas concretas que a nossa solução é eficaz. Aqui podemos trabalhar com conteúdos específicos como:

  • Cases de Sucesso
  • Resultados de pesquisas
  • Números
  • Estudos, entre outros.

Você tem medo de conteúdos de fundo de funil?

É comum que muitos planners e redatores considerem os conteúdos de fundo de funil os mais difíceis de serem produzidos. Mas nem por isso você precisa ter medo de encarar esse tipo de produção!

Sim, a responsabilidade é grande, mas o desafio é compensador!

Schitts Creek Kiss GIF by CBC - Find & Share on GIPHY

Por ser um conteúdo mais denso e aprofundado, os materiais de fundo de funil exigem pesquisas mais cuidadosas e o pleno entendimento do redator sobre aquilo que ele está escrevendo, ou melhor, vendendo!

Além disso, é fundamental conhecer também a empresa responsável pela solução, sua missão, valores e principalmente sua visão de mercado.

Esse conhecimento permitirá que você consiga transmitir maior verdade para os leitores e o seu conteúdo tem tudo para ficar mais transparente e até mesmo humanizado.

Espero que nosso artigo tenha ajudado você a desmistificar um pouco os conteúdos de fundo de funil! Aproveite e conheça outros conteúdos de nosso blog que podem ajudar na produção de conteúdo para inbound marketing!

***

Curiosidade: Você sabe por que o fundo de funil é também chamado de BoFu? A sigla BoFu vem do termo em inglês  bottom of the funnel, que traduzido seria “parte inferior do funil”.

Oh My God Wow GIF - Find & Share on GIPHY

E se você quer saber mais sobre conceitos interligados ao Inbound Marketing, confira o Glossário de Ibound – em até 140 caracteres – segundo Conexorama.

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Shymenne Siqueira

Content Expert em Conexorama
Jornalista de formação, apaixonada por marketing digital, redes sociais, memes, futebol e pão de queijo, uai!
Shymenne Siqueira