Blog, Links Patrocinados, Visitantes Qualificados,

Como anunciar no LinkedIn Ads em 8 passos

Por Content em 7 de março de 2017
O LinkedIn Ads está se saindo como um canal bastante interessante para empresas do mercado B2B. Quer saber por que? Confira!
Leitura de 5 minutos
Como anunciar no LinkedIn Ads em 8 passos
5 (100%) 4 votes

Embora o Google Adwords e o Facebook Ads sejam os queridinhos do momento entre os anunciantes online, o LinkedIn Ads vem despontando como um canal bastante interessante para empresas do mercado B2B. O motivo é o seu foco no público corporativo e o alto potencial de segmentação desse inventário com destaque para ramo de atuação e cargo ocupado pela audiência. Não é difícil imaginar o potencial de qualificação de visitantes oferecido pela plataforma de anúncios.

Por isso, para quem quer começar com o pé direito, listamos os oito passos a seguir na hora de anunciar no LinkedIn Ads. Confira!

1. Defina metas

Essa é a principal dica para qualquer tipo de campanha em qualquer lugar. Defina bem o que você quer ao investir em anúncios ou prepare – se para uma atividade sem qualquer foco e, dificilmente, com algum resultado. Deseja que as pessoas apenas vejam o anúncio, que elas visitem a home page de seu site ou prefere que elas baixem um eBook ao preencher um formulário em sua landing page? Sempre defina o resultado que quer para a sua campanha antes de seguir adiante.

2. Crie uma Company Page no LinkedIn

Você não poderá anunciar se o seu negócio não existir no LinkedIn. O requisito para isso é a criação da company page. É bastante simples de fazer, bastando apenas seguir esse guia.

Vá até a Homepage do LinkedIn, então, na coluna direita, clique em Serviços Empresariais e, em seguida, selecione a opção “Crie uma Company Page”:

Coloque o nome do seu negócio e o seu e-mail empresarial. O LinkedIn só permite criar company pages que possuam de fato um domínio e e-mail registrados.

Na edição da company page, você escolhe o seu segmento de negócio e número de funcionários, adiciona a descrição e, depois, é só salvar.

3. Crie uma conta de anúncio no LinkedIn Ads

Com uma Company Page sob a sua administração, você já pode criar uma conta de anúncios para ela seguindo estes passos:

Passo 1 – Vá até a Homepage e clique em Veicular Anúncios. Você será levado à página das Soluções de Marketing do LinkedIn. Lá, você faz o login com seu e-mail e senha do LinkedIn.

Passo 2 – No canto superior direito da página, você clica em “adicionar uma conta”.

Passo 3 – Então, você seleciona a Company Page que vai usar, coloca o nome da conta e seleciona a mode que será usada na cobrança.

4. Instale o seu código de rastreamento e defina suas Conversões

O primeiro passo indicado neste artigo foi definir metas para suas campanhas do LinkedIn. Agora, você precisa de uma maneira de saber se elas estão sendo alcançadas. Uma ferramenta que a rede oferece é a Insight Tag: um código Javascript que é instalado em todas as páginas do seu domínio para acompanhar o que seus visitantes fazem no seu site.

A Insight Tag pode ser encontrada selecionando o menu Tools > Conversion Tracking no canto superior direito da página da conta. Lá, você definirá a URL de conversão e copiará o código para ser instalado no seu website.

5. Escolha o tipo de Campanha

O LinkedIn conta com três tipos de campanhas: Sponsored Content, Text Ads e Sponsored InMail. Cada uma funciona da seguinte maneira:

  • Sponsored Content: Ideal para gerar engajamento com conteúdo da sua empresa e conquistar novos seguidores para a Company Page. São exibidos em dispositivos móveis, tablets e computadores.
  • Text Ads: Formato de anúncio que aparece no topo, na barra lateral do LinkedIn. Altamente direcionados e fáceis de criar. São ótimas opções para campanhas de baixo orçamento.
  • Sponsored InMail: Envia mensagens direto na caixa de entrada do LinkedIn.

Qual tipo de campanha escolher, vai depender das suas metas e orçamento disponível. A Sponsored Content é muito utilizada por produtores de conteúdos e materiais ricos, sendo bastante indicada para quem trabalha com geração de leads.

6. Defina o seu público-alvo

Vamos falar do pote de ouro do LinkedIn: a ferramenta de definição de público-alvo, em que você escolhe centenas de características de público para melhor atingir seus objetivos de campanha. Descrever tudo que pode ser feito na ferramenta é assunto suficiente para outro artigo, então vamos nos ater aos pontos mais importantes:

  • Conheça bem o seu público e use isso para segmentar o máximo possível, pois o custo do LinkedIn tende a ser alto, então o importante é atingir o público mais qualificado possível e, assim, não desperdiçar dinheiro.
  • Trabalhe com uma audiência entre 300.000 e 1.000.000 de pessoas. Um número muito baixo pode levar a uma taxa pequena de impressões, enquanto um número muito alto pode indicar um público muito abrangente e sem foco.

7. Lance o orçamento

O orçamento mínimo para se trabalhar no LinkedIn é R$ 20,00 por dia para quem quer pagar por clique (CPC) e R$ 45,00 para quem quer pagar por mil impressões (CPM), sendo que este é mais indicado para quem trabalha com grandes somas. Para valores mais modestos, indico o CPC. Diferente de outras redes de anúncio, o orçamento não é distribuído de maneira uniforme ao longo do dia, mas sim aplicado sempre em primeiro momento, sendo muito comum ele se esgotar em poucas horas.

Aqui vai uma dica bem útil com base nas nossas experiências na Conexorama: Use o lance de CPC como freio de mão do gasto diário. Pode começar com o lance sugerido, mas se o dinheiro for logo gasto, baixe um pouco até encontrar o ponto de equilíbrio em que o orçamento será bem distribuído ao longo de 24 horas. Isto também reduzirá seu custo e lhe garantirá mais cliques.

8. Monitoramento contínuo

Como o LinkedIn trabalha com um orçamento mais alto do que as demais redes, o mais indicado é que o monitoramento seja feito diariamente. Como as configurações de campanha podem ser alteradas a qualquer comento, o exercício de monitoramento contínuo é ideal para analisar os dados colhidos e melhorar a sua campanha.

E você, já testou o LinkedIn Ads? Crie sua campanha e compartilhe sua experiência conosco.

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Content

Content

Artigo produzido pela nossa equipe de Content Marketing.
Content