Blog, Estratégias,

Agile Marketing: quais os limites da gestão ágil no Marketing?

Por Juliany Atilio em 2 de dezembro de 2022

Uma metodologia de gestão ágil e que promete gerar melhorias contínuas nas estratégias de Marketing da sua empresa. É isso o que promete o Agile Marketing.

Chegou a hora de colocar de lado as reuniões intermináveis e os planejamentos anuais. A partir de agora, vamos dividir toda a estratégia em pequenas partes e buscar aprender com cada uma delas.

Neste artigo, explicamos o que é Agile Marketing, quais são os seus fundamentos e como implementar uma metodologia de gestão de projetos ágil que realmente funcione para a sua empresa. Vamos comigo?

O que é e como surgiu a metodologia ágil?

A metodologia ágil surgiu na área de desenvolvimento de softwares visando criar produtos melhores em menos tempo, flexíveis e adaptáveis para diversos setores.

Assim, as empresas conseguiam responder rapidamente às necessidades do mercado e acompanhar as respostas dos consumidores sobre os produtos que estavam sendo desenvolvidos.

Dessa forma, os softwares eram constantemente retrabalhados e desenvolvidos, tendo sua qualidade melhorada e aumentando a aceitação da clientela.

Esse modelo de gestão já vem sendo trabalhado desde a revolução industrial, quando as indústrias queriam produzir mais e em menos tempo. Um exemplo disso é o modelo Toyota de produção.

Mas foi só em 2001 que essa metodologia realmente se popularizou após a criação do “manifesto ágil”, uma declaração de princípios que fundamentam o desenvolvimento ágil de software.

Esse documento é pautado em quatro valores e 12 princípios que norteiam os profissionais da área que adotam essa metodologia. Sendo os valores:

A ideia é que os profissionais priorizem esses valores, colocando todo o foco no cliente, oferecendo produtos de qualidade, atendendo às demandas do contratante e respondendo agilmente às mudanças do mercado.

Dessa forma, eles conseguem entregar bons resultados sem perder tempo em documentações, em um plano restritivo ou negociações demoradas.

Tudo isso seguindo os 12 princípios:

  1. Priorizar a satisfação do cliente com entregas rápidas e contínuas;
  2. Aceitar mudanças em qualquer estágio do processo, mesmo que tardiamente;
  3. Entregar softwares com mais frequência e na menor escala de tempo;
  4. Alinhar gestores e desenvolvedores diariamente durante todo o projeto;
  5. Oferecer ambiente, suporte e confiança para manter a equipe motivada;
  6. Conversar com e entre a equipe de perto, presencialmente, cara a cara;
  7. Entender o funcionamento dos softwares como principal medida de progresso;
  8. Manter um ritmo de desenvolvimento constante e contínuo;
  9. Ter atenção contínua à excelência técnica e ao bom design para ter mais agilidade;
  10. Simplificar para ter mais eficiência;
  11. Proporcionar autonomia para as equipes se organizarem;
  12. Enfim, avaliar a efetividade em intervalos regulares para ajustar o projeto.

Com o mercado cada vez mais dinâmico e volátil, esse pensamento se tornou uma cultura: a Agile Culture, contando com a adaptação dos seus fundamentos para outros setores, como o Marketing. E foi aí que surgiu o Agile Marketing!

O que é o Agile Marketing?

O Agile Marketing é a adaptação da metodologia ágil do desenvolvimento de software para a realidade dos profissionais de Marketing, tendo, inclusive, o seu próprio Manifesto do Marketing Ágil.

Esse documento foi elaborado por diversos profissionais da área no evento SprintZero, que aconteceu em São Francisco (EUA) em 2012. Seus valores são bem semelhantes aos do documento original e incluem:

O documento fala também dos princípios que, adaptados para o Marketing, ficaram assim:

  1. A maior prioridade é satisfazer o cliente por meio da entrega antecipada e contínua de Marketing que resolva os problemas.
  2. Acolher e planejar alterações. A capacidade de responder rapidamente às mudanças é uma fonte de vantagem competitiva.
  3. Entregar programas de Marketing com frequência, de algumas semanas a alguns meses, com preferência para a escala de tempo mais curta.
  4. Um bom Marketing requer um alinhamento próximo com o pessoal de negócios, vendas e desenvolvimento.
  5. Criar programas de Marketing em torno de indivíduos motivados. Dar a eles o ambiente e o suporte de que precisam e confiar neles para fazer o trabalho.
  6. Aprender, por meio do ciclo de feedback “construir – medir – aprender”, é a principal medida de progresso.
  7. O Marketing sustentável exige que você mantenha ritmo e fluxo constantes.
  8. Não ter medo de falhar; mas não falhar da mesma forma duas vezes.
  9. A atenção contínua aos fundamentos de Marketing e um bom design aumentam a agilidade.
  10. A simplicidade é essencial.

Em resumo, a metodologia prega uma prática mais flexível aos profissionais de Marketing, priorizando a satisfação dos clientes, mas sem deixar de lado a parte estratégica.

Um Marketing contínuo é mais adaptável do que um planejamento anual. Afinal, tanta coisa pode acontecer.

Junto a isso, é importante que o profissional também esteja alinhado às outras equipes, principalmente a de vendas. É a partir disso que será possível mensurar os resultados e renovar a estratégia em um novo ciclo.

Mas como aplicar o Agile Marketing na sua empresa?

Conhecendo algumas metodologias ágeis

Por anos, essas metodologias foram desenvolvidas e adaptadas para a realidade de empresas de diversos segmentos. Elas são bem populares e provavelmente você já ouviu falar, ou até mesmo utiliza, alguma delas.

Trouxe aqui um resuminho de três métodos que podem te auxiliar a tornar o Marketing da sua empresa mais ágil:

Kanban

O Kanban, talvez o mais popular de todos, é um método de organização de tarefas por prioridade, no qual conseguimos visualizar de maneira geral o andamento de diversas atividades.

Geralmente, existem três colunas: para fazer, fazendo e feito. Conforme você avança, vai trocando a atividade de coluna.

Captura de tela Kaban Agile Marketing

fonte: Delogic

Esse modelo pode ser adaptado. Você pode, por exemplo, incluir uma coluna de “em aprovação”. Tudo vai depender das necessidades da sua empresa.

Scrum

O Scrum é um método de trabalho que divide uma atividade em pequenos ciclos de uma semana, destinados a uma equipe enxuta que dará conta de concluir essa demanda.

A ideia é que cada etapa passe pela aprovação do cliente. Dessa forma, quando há alterações, elas serão feitas em um ciclo específico ao invés de iniciar todo o projeto novamente.

Lean

A metodologia Lean visa “enxugar” processos, empregando apenas o que é realmente necessário.

Lembra do décimo princípio do Agile Marketing? A simplicidade é essencial e pode te ajudar a perder menos tempo em burocracias desnecessárias.

Existem diversas outras metodologias, como FDD, Feature Driven Development, SAFe, etc. Você pode procurar a que mais se adapta à sua empresa.

Existe um limite da gestão ágil no Marketing?

As metodologias ágeis já há algum tempo fazem história e fazem parte do dia a dia de diversas empresas. Isso significa que vão ser boas para a sua empresa? Depende.

Como vimos, o mercado está cada vez mais dinâmico e volátil, assim como o Marketing. E a realidade que sempre existiu é que algo que funciona para um pode não funcionar para outro.

Você pode, sim, seguir os princípios e os valores do Agile Marketing, mas é preciso sempre se lembrar de que não existe receita de bolo para fazer uma estratégia funcionar.

O bom Marketing digital gira em torno dos fundamentos das metodologias ágeis: implementar, medir e aprender. E esse aprendizado acumulado é a melhor forma de conseguir resultados satisfatórios sem precisar errar demais.

Mas se você quer avançar sem perder tempo, uma alternativa seria procurar agências especializadas para te ajudar, uma vez que elas têm experiência com segmentos e mercados específicos.

Ou seja, elas já aprenderam em outras situações e podem te dar uma vantagem competitiva, fazendo com que você “largue na frente” e obtenha resultados mais rápidos para a sua empresa.

Que tal conversar com a gente e contar um pouco mais sobre as suas necessidades?

Deixe um comentário contando o que achou desse conteúdo! 😉

Juliany Atilio

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jordana
Jordana
1 mês atrás

É muito interessante ver a relação da autonomia profissional juntamente com a gestão de tempo e desempenho. Ótimo artigo!

2
0
Would love your thoughts, please comment.x